SER PASTOR

ser pastorSER PASTOR

Quando  paramos para ouvir, ver ou ler alguns artigos relacionados com o assunto acima referido chegamos à conclusão de que precisamos classificar em dois tipos distintos os pastores existentes: Há um determinado tipo de pastores que são imitações baratas de apresentadores de auditório e outros que são imitações sem graça de executivos empresariais.

Mas, aprendemos no decurso de  53 anos de pastorado efetivos, que ser pastor é:

Viver nesses pontos onde a vida está sendo formada, nascimento e morte, dúvida e fé, alegria e tristeza, cura e salvação. Estar e trabalhar na fronteira do sobrenatural onde o Deus vivo e atuante em misericórdia, graça, amor e salvação, invade, adentrando, surpreendentemente tudo o que costumamos chamar de natural .

 SER pastor não é manipular pessoas em nome de Deus;não é apenas comandar uma empresa religiosa.É necessário levar as pessoas à sério no lugar onde estão, respeitando todas as contingências de tempo e lugar, deixando Deus realizar a obra formadora , salvadora e santificadora, simplesmente se proclamando econfiando na palavra, em vez de apenas usar a Palavra e as pessoas.

Ser pastor é refletir sobre como, o lugar em que se está é essencial para a vocação pastoral ; o lugar, com seus detalhes essencialmente humanos,  e ser capaz de olhar para cada pessoa na igreja com a mesma imaginação do Pastor Jesus Cristo de Nazaré.

O trabalho pastoral não é só fazer um estabelecimento religioso ter sucesso, mas nutrir as pessoas com o Evangelho da Graça de Jesus Cristo até que cheguem à maturidade, à plenitude de varões perfeitos em amor verdadeiro, o qual está sempre preocupado com o específico, e não apenas com o geral, com algo, ou melhor, com alguém.”

É preciso ter a compaixão de Cristo na alma,conforme os textos bíblicos a seguir nos ensinam: Compaixão por quem perde um ente querido ” Vendo-a o Senhor, movido de compaixão para com ela, disse-lhe: Não chores!”(Lucas 7.13).

Compaixão por quem perde a visão,seja física ou espiritual “Jesus, cheio de compaixão, tocou-lhes os olhos…”. (Mateus 20.34)Compaixão por quem não tem comida “Tenho compaixão deste povo. … não têm o que comer.” (Marcos 8.2).

Compaixão por quem não tem um orientador “Vendo a multidão, ficou tomado de compaixão, porque estava enfraquecida e abatida como ovelhas sem pastor.” (Mateus 9.36).

Compaixão por quem se arrepende e busca apôio “Estava ainda longe, quando seu pai o viu e, movido de compaixão, correu-lhe ao encontro, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou.” (Lucas 15.20) “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. (João 10.11) “Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas; e elas me conhecem; (João 10.14 ) “… aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso…” (Mateus 11.28-30).

Ser Pastor é ainda viver num campo emocional de intensa pressão: “E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai. (Marcos 14.34) É viver com a mente no trono da graça e os pés na estrada empoeirada ou asfalto escaldante.

E para estas coisas quem é idôneo?” ( 2 Coríntios 2.16)

BA 3/12/11 .BISPO.ELIAS.

 

 

Quer Aprender a pregar como Jesus Pregava?  

pastorsilvano

Bacharel em Teologia, pós-graduando em Docência do Ensino Superior. Membro da Comissão de Ética da Convenção das Igrejas o Brasil Para Cristo -MG. Fundador e Coordenador do Seminário Setevit ( Seminário Teológico). Editor do Escola para Pregadores. Pastor Atuante em Santa Cruz de Minas e Tiradentes - MG

Website: http://www.escolaparapregadores.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *