O MOVIMENTO DO CORPO TAMBÉM FALA: Falar ao Público Evangelico

  • Sumo
Movimento do corpo fala

O Movimento do Corpo Fala

O MOVIMENTO DO CORPO TAMBÉM FALA. Há um pouco de percepção errada sobre a frase “falar em público”.  A percepção errônea de que a técnica de se realizar um bom  discurso público está  em como você fala. A verdade é que sua voz é apenas parte do que você precisa para ser bem sucedido em dar uma apresentação a um grupo de pessoas. Para ser um “orador” público efetivo, você deve usar todos os recursos que você possui, incluindo sua linguagem corporal, seus braços e suas pernas para capturar a atenção da multidão e segurá-la.

Não há nada mais irritante do que um palestrante  que se encontra em um só lugar e nunca move os braços e fala suavemente e de forma monótona  a informação da palestra. Então, para evitar essa maldição, aprenda não apenas a se comunicar com todo o seu ser quando estiver na frente de uma audiência.  Aprenda a expressar-se com expressões faciais, com gestos de seus braços, enfim  com movimento do corpo. Porque esse esforço extra é o que pode fazer uma apresentação ser  boa, ruim ou  ótima.

Uma boa apresentação pública pode ser comparada a comer uma refeição em um restaurante. Um bom cozinheiro chefe sabe que há mais para refeições finas do que apenas a comida,; porque você também deve ter um bom serviço e ambiente adequado, então a apresentação da comida torna-se em uma refeição deliciosa para se comer. O mesmo acontece com uma situação de falar em público. Não basta apenas levantar-se e passar as informações.  Para uma que seu público processe a informação  ele tem que entender o que está dizendo e estar preparado para torná-lo real em suas próprias vidas.

O Movimento do Corpo é Esquecido em muitas Preleções

O movimento é provavelmente o método de falar em público mais subutilizado, mas também é um dos mais eficazes. Para dizer sem rodeios, quando você falar com um grupo, não fique parado. Saia do pódio e se mova um pouco. Passe de um lado da sua área de fala para o outro. Use suas mãos para ajudá-lo a descrever uma ilustração ou a um gesto com ênfase na multidão quando seu texto se encaixa nesse tipo de expressão. Este movimento é bom para você porque é uma maneira de sair do seu nervosismo. É bom para o público, porque isso os interessa. E é muito bom para a sua apresentação porque é uma maneira poderosa de obter o seu ponto de vista e garantir que você esteja sendo entendido.

A relação entre discurso público e desempenho público é inconfundível. Quando você assiste um falante, a palavra-chave é “assistir”. Tomar a apresentação de um falante é um evento que traz todos os sentidos. E quanto mais sua audiência realmente “experimentá-lo” ao invés de apenas ouvir o que você diz, melhor eles se sentirão com a  apresentação e  o mais provável é que eles  concordem  com o que você  está  a dizer  e tomem a  direção que você esperava que que eles tomassem.

Movimentos iniciais vem acompanhado de um grau de nervosismo

Claro, pode ser um momento nervoso na primeira vez que você decide se movimentar  e usar seu corpo como parte de sua apresentação. Se você anda e se move na frente das pessoas, sempre há a chance de um acidente acontecer. Você poderia balançar os braços com  ênfase e derrubar algo. Você poderia  tropeçar sobre um cabo de microfone  correndo o risco de até mesmo cair.  Mas a possibilidade de um acidente é apenas um risco que você deve estar preparado para tomar porque o movimento que você usa é tão poderosamente eficaz que as recompensas são ótimas demais para deixar passar.

O outro risco é que, afastando-se da  plataforma, você se afasta do seu esboço. Para permitir que você se afaste  sem  correr o risco de sair fora do tema esboçado, selecione um  ou dois  pontos (tópicos)  em que você vai sair do esboço e compartilhar uma ilustração, uma história pessoal  ou até mesmo algo engraçado.  Então, seu movimento será confiante e eficaz. E quando você  conseguir  integrar  movimentos e gestos  confiantes em sua apresentação, suas habilidades de falar em público irão crescer muito  e sua confiança será  redobrada.

 

Bacharel em Teologia, pós-graduando em Docência do Ensino Superior. Membro da Comissão de Ética da Convenção das Igrejas o Brasil Para Cristo -MG. Fundador e Coordenador do Seminário Setevit ( Seminário Teológico). Editor do Escola para Pregadores. Pastor Atuante em Santa Cruz de Minas e Tiradentes - MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Hide me
Inscreva-se abaixo para receber novos artigos
Deixe seu Email:
Show me
Leia o post anterior:
Dia dos Pais
SERMAO PARA O DIA DOS PAIS – IDEIAS PARA PREGAÇÕES

IDEIAS PARA PREGAÇÕES - SERMAO PARA O DIA DOS PAIS O dia dos pais é muito parecido com o dia...

Fechar