Modelo de Ministração dos Votos Núpciais.

  • SumoMe

Modelo  de ministração dos votos núpciais.

Os noivos estarão juntos, de pé, diante do ministro, o noivo á direita da noiva.

Dirigindo-se a igreja o ministro dirá:

“Estamos reunidos na presença de Deus e destas testemunhas para solenizar diante do Todo-poderoso o casamento deste homem e desta mulher”.

“A Palavra de Deus expressa que o casamento deve ser  ‘digno de honra entre todos’ (hebreus 13.4).  Aqueles que se casam decidiram aceitar este estado honroso.”

“ O Casamento deve ser contraído com reverencia e no temor de Deus, considerando-se os fins para os quais ele foi ordenado, isto é, o apoio e o consolo que os esposos devem proporcionar um ao outro enquanto viverem.”

Oração:

“Nosso Pai e Deus, nenhum dos nossos prazeres será perfeito se tu não o tornares completo. Faltará algo sublime em nossas horas mais felizes se tu não nos acompanhares com tua benção. Suplicamos-te, pois, que assim como o Senhor Jesus Cristo Esteve presente nas bodas de Caná da Galiléia, assim também nós possamos desfrutar do gozo de tua divina presença agora, durante esta cerimônia.

Pedimos que a benção de tua presença seja ma realidade na vida deste homem e desta mulher, que vão fazer um juramento solene diante de ti e destas testemunhas, de modo que a lembrança desta hora santa os fortaleça e os molde a todas as provas e mudanças que o futuro lhes trouxer. Que a plenitude de tua presença seja realidae em todas as situações, ó Senhor,  e manifesta a tua sabedoria, o teu amor e a tua direção neste casamento. Amem.”

Dirigindo-se aos Noivos , o Ministro dirá:

“Vocês vieram a mim, ministro de Cristo, para serem unidos diante de Deus, pelos santos laços do matrimônio. Isto representa um passo sério e solene, onde um assume perante o  outro o compromisso de enfrentar as circunstâncias que se lhes apresentarem, sejam elas de riqueza ou de pobreza, de alegria ou de tristeza, de Saúde ou de enfermidade, e compartilharem tudo o que a vida dá e tudo  o que ela tira, mantendo a fidelidade um para com o  outro, como esposo e esposa, conforme o que foi ordenado por Deus, até  que a morte os separe.

Ouçam, pois a Palavra de Deus, escrita para a instrução de vocês, e para que vocês tenham luz em seu caminho”.

O ministro ou seu ajudante lerá as seguintes passagens bíblicas:

[Efésios 5.25-33; 1 Pedro 3.7; Efésios 5.22-24 e 1Pedro 3.1] devem ser lidas nessa ordem colocadas nesse colchete.

VOTOS:

Dirigindo-se ao noivo, o ministro perguntará:

Fulano de tal (nome do Noivo), você promete, diante de Deus e destas testemunhas, receber Beltrana de tal (nome da noiva), como sua legítima esposa para viver com ela conforme o que foi ordenado por Deus, na santa instituição do casamento? Promete amá-la, honrá-la, consolá-la e protegê-la na enfermidade ou na saúde, na prosperidade ou na adversidade, e manter-se fiel a ela enquanto os dois viverem?”.

O noivo responderá: “Sim Prometo.”

Dirigindo-se a Noiva, o ministro perguntará:

Beltrana de tal (nome do Noiva), você promete,  diante de Deus e destas testemunhas, receber Fulano de tal (nome da noivo), como seu legítimo esposo para viver com ele conforme o que foi ordenado por Deus, na santa instituição do casamento? Promete amá-lo, honrá-lo, respeitá-lo, ajudá-lo e cuidar dele  na enfermidade ou na saúde, na prosperidade ou na adversidade, e manter-se fiel a ele enquanto os dois viverem?”.

A  noiva responderá: “Sim Prometo.”

Entrega das alianças.

No caso da cerimônia incluir entrega de alianças, o ministro dirá ao noivo:

“Fulano de Tal (nome do noivo), que penhor você dará a Beltrana de Tal (nome da noiva) como testemunho de suas promessas?”  O noivo responde “ALIANÇAS”

(Se o cerimonial optou por entrada das alianças, esse é o momento. Nesse modelo de entrada as alianças devem vir separadas. Ou seja a do noivo ser entregue a ele e a da noiva entregue a ela ).

O noivo porá a aliança sobre a Bíblia do ministro, e o ministro segurando as aliança, dirá ao noivo que repita as seguintes palavras:

“Usando esta aliança como símbolo de nossa união, eu me caso contigo, unindo a ti o meu coração e a minha vida, e tornando-te participante de todos os meus bens.”

Entregando a aliança ao noivo para ele a colocar no dedo anular da noiva, o ministro dirá ao noivo: “Que esta aliança seja o símbolo puro e imutável do seu amor.”

A noiva porá a aliança sobre a Bíblia do ministro, e o ministro segurando a aliança, pedirá a noiva  que repita as seguintes palavras:

“Usando esta aliança como símbolo de nossa união, eu me caso contigo, unindo a ti o meu coração e a minha vida, e tornando-te participante de todos os meus bens.”

Entregando a aliança a noiva para ela   colocar no dedo anular do noivo, o ministro dirá a noiva: “Que esta aliança seja o símbolo puro e imutável do seu amor.”

Oração:

O Ministro pedira aos noivos que se ajoelhem, caso ache conveniente pode deixá-los de pé e pedirá aos noivos que se segurem a mão um do outro.

O ministro colocará a mão direita sobre as mãos unidas dos noivos e orará, fazendo a Deus os seguintes pedidos:

Deus eterno, Criador e consolador do gênero humano, doador de toda a graça espiritual e autor da vida eterna: Abençoa este homem e esta mulher, a quem abençoamos em Teu vivam sempre em paz e em amor, conforme teus santos mandamentos, e conduzindo o lar e a vida deles de acordo com tua Santa Palavra, através de nosso Senhor Jesus Cristo.

Rogamos-te, ó Deus Todo-poderoso, que continues a ser Salvador e guia de suas almas imortais, para que, mediante a redenção de nosso Senhor Jesus Cristo, alcancem a glória eterna. Amem”.

Pronunciamento Final:

Dirigindo-se a igreja o ministro dirá:

Visto que Fulano de Tal e Beltrana de Tal consentiram ambos em ingressar no estado de matrimônio, diante de Deus e destas testemunhas, havendo ambos dado e empenhado sua fé e palavra um ao outro, o que manifestaram pela união das mãos, eu os declaro marido e mulher , casados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém”.

“Aqueles aos quais Deus uniu, nenhum homem os separe.”

Benção Pastoral Sobre os Nubentes:

O ministro Colocará a mão direita sobre as mãos dos noivos e dirá:

“Que  Deus Todo poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo vos abençoe, vos guarde e vos mantenhais firmes.  Que o Senhor, em sua misericórdia , volte para vós seus olhos e de harmonia e vitória, e de tal maneira vos encha  de sua graça e bênçãos espirituais, que possais viver neste mundo em seu santo temor, e no mundo vindouro possais gozar da vida celestial e eterna. Amem.”

Final:

Benção pastoral sobre a vida de todos os presentes e saída dos Nubentes.

Adaptado do Manual do Ministro por pastor Silvano da Silva Reis.

Estaremos postando outros modelos de ministração de votos consulte sempre nossas atualizações.

Talvez goste de ler:

 

Quer Aprender a pregar como Jesus Pregava?  

pastorsilvano

Bacharel em Teologia, pós-graduando em Docência do Ensino Superior. Membro da Comissão de Ética da Convenção das Igrejas o Brasil Para Cristo -MG. Fundador e Coordenador do Seminário Setevit ( Seminário Teológico). Editor do Escola para Pregadores. Pastor Atuante em Santa Cruz de Minas e Tiradentes - MG

Website: http://www.escolaparapregadores.com

2 Comentários

  1. Sergio Nunes

    Parabéns. Muito rico o conteúdo.

  2. Sue

    Thanks for finally writing about > Modelo de Ministração
    dos Votos Núpciais | Escola Para Pregadores < Loved it!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *